segunda-feira, 7 de maio de 2018

Minimalismo

Olá investidores,

Passando por aqui para compartilhar com vocês uma matéria do UOL sobre o minimalismo, cujo maior representante da nossa blogosfera é o grande Corey, que por sinal anda sumido igual eu, rsrsrs.

Trabalha 30h/semana, viaja 6 vezes ao ano e não tem dívida; qual o segredo?

A psicóloga Luciane Couto Cunha, 43, de Contagem (MG), diz que trabalha apenas 30 horas por semana e mesmo assim consegue viajar três vezes ao ano para o exterior, três vezes dentro do Brasil e não tem dívidas. Carolina Andrade, 25, sócia de uma fintech, e Diego Nunes, 31, desenvolvedor, vivem viajando e já moraram em 17 cidades brasileiras, Qual o segredo deles?

Todos são adeptos do minimalismo, uma proposta de vida simples, possuindo poucos bens materiais e comprando apenas o mínimo necessário. Essa filosofia não foi pensada como uma estratégia para cortar gastos, mas tem potencial de gerar maior equilíbrio financeiro e fazer sobrar mais dinheiro no fim do mês. Conheça mais abaixo algumas pessoas que adotaram essa forma de viver.

"O principal objetivo desse estilo de vida é reduzir as coisas que não são necessárias para ter mais tempo livre, mais energia e até muito mais dinheiro para investir nas coisas que são realmente importantes para você", afirma Rafael Seabra, educador financeiro e autor do livro "Quero Ficar Rico".

Ele diz que conheceu o minimalismo quando foi morar na Tailândia por cinco meses, no final de 2014, e decidiu viajar com apenas uma mala de mão. "Quando retornei de lá, descobri que conseguia viver com muito menos roupas, entendi que o carro era apenas um meio de transporte."

Quantos pertences é ideal possuir?

Não existem regras que definam a quantidade de pertences que uma pessoa deve ter para ser considerada minimalista, mas existem alguns parâmetros. O principal dele é manter apenas as coisas que têm propósito real na vida do indivíduo.

Os autores do documentário "Os Minimalistas", Joshua Millburn e Ryan Nicodemus, disponível na Netflix, dão como referência a regra 90/90, segundo a qual os itens que não foram usados nos últimos 90 dias nem serão utilizados nos próximos 90 dias podem ser descartados.

Outro critério é manter apenas os itens que trazem alegria para o dono, enquanto todo o resto pode ir embora, segundo a orientação de outra referência no assunto, a autora japonesa Marie Kondo, autora do best-seller "A Mágica da Organização".

Ela consegue trabalhar pouco e viajar muito

Luciane Couto Cunha afirma que, mesmo trabalhando só 30 horas por semana, consegue juntar dinheiro para viajar seis vezes por ano -dentro e fora do país.

Ela não tem carro, utiliza o transporte público para ir ao trabalho, vai ao cinema nos horários mais baratos e evita gastar com supérfluos. "Estou numa fase de não somar nada e, se algo estraga, eu avalio se realmente preciso repor."

Para conseguir baixar o custo, Luciane monitora preços de passagens e adota um estilo de vida minimalista onde estiver, alugando apartamentos que permitam cozinhar em casa e também usando o transporte público. "As pessoas ficam admiradas porque não ganho superbem, mas consigo viajar muito sem me endividar", relata.

Este casal tem só 2 mochilas e já morou em 17 cidades

O casal Carolina Andrade e Diego Nunes dispensa montar toda a estrutura de uma casa própria. Vivendo juntos desde 2016, eles não têm local fixo de residência e já moraram em 17 cidades brasileiras, carregando apenas duas mochilas com roupas e itens eletrônicos. Segundo Carolina, montar uma casa "nem passou pela cabeça".

"Escolhemos alugar apartamentos mobiliados de um quarto só pelo Airbnb", declara Carolina. Atualmente, o casal vive no Rio de Janeiro em uma casa que contém apenas um colchão, uma mesa de escritório e uma cômoda.

Na cozinha, além de geladeira, fogão e armários embutidos, existem apenas três garfos, três facas, quatro colheres, cinco pratos de tamanhos diferentes, duas xícaras e dois copos.

"Ter pouca louça ajuda a não deixar acumular louça suja, e nos deixa espaço para organizar melhor as coisas e ter tudo sempre à mão", diz Nunes. Ambos trabalham em home office e utilizam uma moto como meio de transporte.

Eles compartilham seu estilo de vida no blog Desraíze.

Enxoval sem berço, e tudo por R$ 300

Viver com pouco não é exclusividade de quem está sempre viajando ou não tem filhos. Um exemplo disso é a youtuber Rosana Radke, de Itajaí (SC), que compartilha com quase 30 mil seguidores a sua filosofia de vida. Quando seu filho Felipe nasceu, ela optou por montar um enxoval muito compacto para o bebê e calcula ter gasto apenas R$ 300.

"Consegui ir contra a corrente e montar um enxoval bem enxuto." Itens como berço, carrinho de bebê e até mesmo banheira ficaram de fora da lista. "Também não tenho pratos, talheres de bebê nem mamadeira."

Outra mãe que segue o caminho minimalista é a bancária Naiane Souza, que atualmente se dedica integralmente ao filho, de um ano e três meses. Ela diz que não fez quarto de bebê. "Peguei emprestado um miniberço que usamos até ele fazer quatro meses e depois comprei um berço portátil de segunda mão. Agora ele já está se adaptando em uma cama normal", afirma.

Para Naiane, o estilo de vida minimalista permite que apenas o marido (um analista financeiro) continue trabalhando para sustentar a família, enquanto ela se dedica ao filho. "Minimalismo também é economia de tempo, é não ter um monte de coisa para limpar, ter mais tempo para ficar com a família", afirma Naiane, que mora em Barueri (30 km a oeste de São Paulo).

Comprar pouco, mas com qualidade

Embora o minimalismo possa transmitir uma imagem de economia a qualquer custo, nem sempre é assim. Pela lógica do minimalismo, muitas vezes compensa ter menos quantidade de itens, porém com qualidade maior, pois terão mais durabilidade.

"A palavra-chave é qualidade. Eliminar as coisas que não mudam minha vida e investir pesado no que realmente é importante", declara o autor Rafael Seabra. Em outras palavras, descobrir quais são as suas prioridades e colocá-las, para valer, em primeiro lugar.


Então pessoal, eu não sou adepto do consumismo desenfreado, mas por outro lado, não curto esse lance do minimalismo não... Acho que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose, e ambos os extremos são ruins...

Mas e você, o que acha dessa questão do minimalismo? Seria muito bacana ler o ponto de vista do Corey!

Abraços a todos.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Investimentos do IL3

Olá investidores,

Antes de mais nada, quero desejar um feliz 2018 a todos! Faz bastante tempo que não posto aqui, né? Confesso para vocês que estou sem ânimo e motivação, cada vez mais sugado por esse buraco negro que é o Bostil...

Eu já "aceitei" que a República das Bananas é e sempre será essa coisa escrota. O meu cotidiano está cada vez mais f-se, como isso aqui nunca vai mudar mesmo, eu estou tentando ser o mais despreocupado possível nessa questão. 

Sem esquecer, é claro, do meu plano de imigração... De toda forma, hoje quero falar de como andam meus investimentos, e essa nova "filosofia" também foi aplicada para eles! Querem exemplos?

Antes eu fazia um acompanhamento minucioso de todo o meu patrimônio, já atualmente eu estou muito mais relaxado em relação a isso, principalmente pelo fato de estar enviando cada vez mais dinheiro para os EUA.

Vejam só, antes eu tinha várias planilhas do ADP, que são excelentes por sinal, e agora deixo tudo registrado em um simples bloco de notas. Analisando friamente, qual é a diferença?

Não acompanho mais o recebimento de proventos, eu fiquei praticamente três anos conferindo os valores e sempre bateu tudo certinho, por qual motivo esquentar a cabeça com isso?

O meu "novo" jeito de investir é esse, e tenho certeza que vocês estão bem curiosos para saber como anda a minha carteira de ações, principalmente a americana, não é? Pois então, compartilho com vocês um print diretamente do site da DriveWealth, mostrando a valorização atual dela.


Como vocês devem ter reparado, a minha carteira de ações está performando muito bem, com destaque para Microsoft e Union Pacific. O destaque negativo é a AT&T, tendo em vista que a Colgate-Palmolive está praticamente no 0 a 0...

Vejam que muitos ignorantes disseram que o mercado americano estava "esticado", e eu, e muitos outros blogueiros, estamos tendo resultados excelentes até o momento!

O ideal é sempre ir contra a manada, vejam o caso do bitcoin, agora que saiu na mídia é hora de vender e não de comprar, como diz o mito Buffet, tem que comprar ao som de canhões e vender ao som de violinos.

Apenas para vocês terem ideia, se eu fosse resgatar HOJE tudo o que eu enviei  para os EUA até o momento, eu já estaria no lucro, mesmo considerando todas as minhas despesas, principalmente na hora de fazer as remessas.

A minha estratégia para 2018? Simplesmente aumentar posição em TODAS as empresas que sou sócio. Agora em janeiro vou comprar Bradesco, em fevereiro A&T, em março Cielo e assim vamos indo.

Fora isso, também tenho posição em renda fixa, mas nada de títulos públicos para sustentar o governo vadio, e sim LCI.

E você, ainda não investe no exterior? Está esperando o que para tirar o seu dinheiro suado das garras da maior máfia estatal do mundo?

Abraços a todos!

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Crescimento de dividendos by Viver de Dividendos

Olá investidores,

Da série que uma imagem vale mais do que mil palavras, compartilho com o meu amigo VD, e com todos que visitam o meu blog, como é poder ser sócio de uma das maiores (e melhores) empresas do mundo, uma das marcas mais conhecidas do mundo, e que você, meu caro, usa diariamente algum dos produtos dela.


Não contem comigo para traduzir a frase grifada em vermelho, ouviram? Mas ela não é tão difícil assim de entender... Será que existe apenas UMA empresa (bananeira) que faça isso aqui no nosso mercado? Não precisam nem responder, rs.

E é justamente por essa (e muitas outras) que os Estados Unidos da América são a ÚNICA superpotência do mundo em que nós vivemos! Não é apenas a economia, e sim todos os outros aspectos comparativos que vocês já estão cansados de saber. Fazer B&H em um país sério vale muito a pena!

Fora essa distribuição de proventos da Colgate-Palmolive, eu também já recebi proventos da AT&T, Coca-Cola, entre outras... Olha, é realmente muito bom saber que, daqui da Banânia, um "país" de quinto mundo, eu posso ser sócio das maiores empresas do mundo.

Obrigado internet (inventada pelos ianques, só para variar) e, principalmente, obrigado Viver de Dividendos.

GOD BLESS AMERICA!

Abraços a todos.

PS: Abaixo está o link para o post original do VD sobre o assunto da minha postagem e, além da Colgate-Palmolive, vocês encontrarão também outras empresas que pagam dividendos há décadas de forma ininterrupta.

Boa leitura!

http://viverdedividendos.org/empresas-de-crescimento-de-dividendos/

http://viverdedividendos.org/lista-de-empresas-de-crescimento-de-dividendos/

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Ibovespa de volta aos 70.000 pontos

Olá investidores,

Pois é, esse dia finalmente chegou! O retorno dos 70k pontos na nossa bolsa, mais especificamente 70.015 pontos.


E agora meus amigos? Hora de vender tudo e alocar na perd, digo, renda fixa? Aguardar para ver se chegamos aos 100.000 pontos? Brincadeiras à parte, não compactuo com essa animação toda do mercado.

Claro que o anúncio da futura privatização da Eletrobras ajudou muito no pregão de hoje, contudo, a situação fiscal é GRAVÍSSIMA!

Vocês tem noção de que, provavelmente, só voltaremos a ter superávit primário novamente em 2023~2024? Ou seja, ficaremos dez, vou repetir, DEZ anos sem pagar os juros da dívida e, pior, aumentando ela! E isso é apenas uma das (muitas) heranças malditíssimas da quadrilha disfarçada de partido...

De toda forma, mesmo diante desse cenário catastrófico, essa marca simbólica é o que temos para hoje, portanto, "aproveitem" o nosso Bull Market!


E é claro que eu tirei uma foto no touro mais famoso do mundo né? Divulgarei a mesma para vocês em breve, rs.

E você, o que pretende fazer com os seus investimentos a partir de agora?

Abraços a todos!

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Máfia estatal quer acabar com a isenção de IR das LCAs/LCIs

Olá investidores,

Vocês, com certeza, já devem ter lido notícias a respeito do título dessa postagem desde o começo do mês... Mas, para quem está desatualizado, lá vai um resumo. O governo, "bonzinho" como sempre, extremamente preocupado em garantir o nosso bem estar, está pensando em acabar com a isenção do imposto de renda das letras citadas.

Entre os principais investimentos de renda fixa, elas são dos poucos que não são tributados, ao contrário dos CDBs, Debêntures, Fundos, Tesouro Direto, etc. Porém, contudo, todavia, mesmo tributando praticamente TUDO do mercado financeiro, esse governo desgraçado não dá-se por satisfeito, afinal, é preciso manter as mordomias das castas judiciária e política.

Leiam a matéria do Estadão logo abaixo para entender melhor.

Fim da isenção de IR tira atratividade da LCI e da LCA

As Letras de Crédito do Agronegócio e Imobiliário (LCA e LCI, respectivamente) viveram seus tempos de glória há dois anos, quando os setores imobiliário e agrícola tinham sede de financiamento. Mas de lá para cá, com a queda no ritmo da economia, o único pilar que ainda sustenta esse tipo de investimento é a isenção de Imposto de Renda – que o governo, porém, estuda retirar. Para especialistas, o fim do incentivo tributário a esses papéis abriria espaço para outras opções mais arrojadas em renda fixa, como Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA) e as debêntures incentivadas.

A história é antiga: em 2015, o então ministro da Fazenda Joaquim Levy deu o pontapé inicial nas discussões sobre a revisão da tributação desses e de outros investimentos, para evitar que o investidor operasse em mercados distintos e ganhasse na diferença de tributação – mas o assunto morreu. Ressuscitou agora com a equipe econômica de Michel Temer, como alternativa para aumentar a arrecadação do governo para 2018, diante de um quadro fiscal cada vez mais deteriorado.

As LCIs e LCAs são papéis de renda fixa que têm rentabilidade atrelada ao CDI e são cobertas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) – que cobre até R$ 250 mil por CPF e instituição bancária. Mesmo com a escassez desses títulos pelo aprofundamento da crise econômica, atrelado a mudanças regulatórias nas LCAs, o investidor ainda pode encontrar algumas opções sobretudo por meio de corretoras independentes, que distribuem títulos de diversos emissores.

Comparação

Além de ficar acima da poupança em rentabilidade, as letras ganham de alguns CDBs e também alguns títulos de renda fixa mais conservadores, uma vez que a incidência do Imposto de Renda é regressiva: 22,5% para aplicações com prazo de até seis meses; 20% para aplicações de seis meses a um ano; 17,5% para aplicações de um a dois anos e 15% para aplicações com prazo superior a dois anos. Para quem gosta desses investimentos, André Bona, do Blog de Valor, aconselha olhar para o prazo e para a rentabilidade final. Por exemplo, uma LCA ou LCI pós-fixada com rendimento de 85% do CDI ao ano, caso o vencimento seja superior a dois anos, equivale ao rendimento bruto de 99% do CDI ao ano. Ou seja, a partir de dois anos, uma LCI ou LCA é melhor do que qualquer CDB abaixo de 99% do CDI.

Para o gerente de Home Broker da Socopa, Rogério Manente, “a onda das LCIs e LCAs já acabou”. Esse momento foi logo depois da debandada do investidor da poupança para o Tesouro. Agora, ele acredita que o investidor está na “terceira onda dos investimentos”, a dos CRIs, CRAs e debêntures incentivadas, do setor de infraestrutura, que também são isentas de IR.

Ele acredita que, pelo volume de emissões, as debêntures são um destino provável dos recursos das LCIs e LCAs. Os CRAs também não ficam atrás. Recentemente, a Copersucar e Fibria lançaram CRAs com remunerações previstas em até 103% e 99% do CDI, respectivamente.

Risco

Sergio Bessa, professor dos MBAs da Fundação Getúlio Vargas (FGV), acredita que, em meio às incertezas do cenário econômico e político, o investidor não irá substituir esses papéis, caso percam sua vantagem competitiva, por títulos que envolvem mais risco. “Neste momento, o País está muito inseguro para as pessoas investirem em ativos sem garantia do FGC”, diz. “Uma coisa é ter apetite por risco em termos de renda variável, como no mercado de ações, agora outra coisa é levar um calote de uma empresa”, diz.

Segundo ele, para os mais conservadores, esse lugar pode ser ocupado por fu multimercado, que têm crescido nas carteiras dos brasileiros, e por CDBs de longo prazo, que costumam ter rentabilidades maiores. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Vocês prestaram atenção na parte que eu destaquei em vermelho? Pois é, desde 2015 os "jênios" com j mesmo, do governo, pensam em fazer isso, contudo, dessa vez eu estou achando que vai acontecer. A situação fiscal é muito, muito, muito, muito, muito, grave.

Em resumo?

ACABOU O DINHEIRO!

É isso, e ponto final. Na verdade, não existe ajuste fiscal. As despesas estão aumentando exponencialmente, enquanto as receitas estão estagnadas. Portanto, mais uma vez, nós vamos pagar essa conta...

Eu, particularmente, tenho dinheiro em LCI no momento, e já tive em LCA. Caso essa mudança realmente ocorra, vou precisar pensar em uma alternativa, afinal, eu não coloco meu dinheiro em nada que tenha imposto.

E você, tem LCA/LCI? O que pretende fazer nessa situação?

Abraços a todos!

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Empresa "do" IL3 bombando na América

Olá investidores,

Passando por aqui rapidinho para compartilhar (um pouco atrasado, é verdade) a notícia abaixo com vocês...

Lucro da AT&T supera estimativa de Wall Street

O lucro trimestral da AT&T superou as estimativas de Wall Street nesta terça-feira, após a segunda maior operadora móvel dos Estados Unidos introduzir novas promoções agrupando vídeo e serviço de telefonia para atrair clientes.


O lucro líquido atribuído à AT&T subiu para 3,9 bilhões de dólares, ou 0,63 dólar por ação, ante 3,4 bilhões de dólares, ou 0,55 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo itens, o lucro por ação foi de 0,79 dólar. Os analistas em média esperavam 0,73 dólar por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita recuou para 39,8 bilhões de dólares, ante 40,5 bilhões de dólares no mesmo período do ano passado, atingindo a estimativa média dos analistas.


Será que o IL3 acertou ou não ao virar sócio dessa belezinha?! É muito bom saber que tenho um capital nos EUA, dá uma sensação tão boa, um alívio de saber que esse dinheiro está livre das garras da máfia estatal bananeira.

E, com a aquisição da Time Warner no ano passado, a AT&T caminha definitivamente para ser também uma empresa de mídia, o que é algo extraordinariamente bom para os seus acionistas.

VIDA LONGA A GRANDE AT&T!!!

Abraços a todos.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Exclusivo: Banco Original lança sistema de depósito por boleto

Olá investidores,

Assim como em março, no caso da suspensão da Digiconta pelo Bradesco, aonde eu fui o PRIMEIRO a anunciar isso (relembre aqui), venho, novamente, trazer mais uma novidade para vocês.

Continuando a falar do Bradesco, o que eu posso afirmar para vocês é que esse banco é HORRÍVEL, simplesmente uma Caixa privada, rs. Levando isso em conta, deixei a minha conta parada lá, e abri uma nova no banco Original, aquele do Meirelles.

Meirelles feliz da vida depois de anunciar (mais um) aumento de impostos

Pessoalmente estou gostando do banco (uso pacote de serviços essenciais), até porque o banco Inter, que  é seu principal rival, não passa tanta confiança para mim. De toda forma, ele é um backup, e caso algo aconteça com o Original, certamente migrarei para o Inter.

Antes que eu esqueça-me, sim, eu sei que a JBS é dona do Original, porém, todos os bancões grandes tem seus trambiques. Ou você já apagou da sua memória que o Trabuco, que é o presidente do Bradesco, era réu até outro dia? E os empréstimos do BB para os amiguinhos do Bendine? Pois é minha gente...

E falando do Inter, uma coisa que faz muito sucesso na conta digital deles é exatamente o que está escrito no título desse post. Como funciona isso? Você simplesmente gera um boleto, paga ele, e o dinheiro cai na sua conta em alguns dias! Mágico, né?

Um dos problemas do banco Original é que ele não tinha esse sistema, logo, ou você depositava em um Espaço Original em SP ou no RJ, ou fazia uma TED para a sua conta. Mas, como eu falei anteriormente, ele não tinha, pois agora tem!

Duvida?

Veja você mesmo!


Já que vocês certamente vão perguntar, eu ainda não testei o sistema, contudo, adorei essa novidade! Para melhorar de vez, só faltam isentar todas as tarifas por meios eletrônicos, assim como o Inter e as finadas contas digitais faziam, rs.

E você, tem conta no banco Original? Já testou essa nova funcionalidade?

Abraços a todos!

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Pausa

Olá investidores,

Como vocês já devem ter percebido, estou há um bom tempo sem postar por aqui. E a razão disso é bem simples! No momento eu estou sem vontade para atualizar o blog. Ele foi criado no final de 2013, e de lá para cá quase 200 posts foram criados dos mais diversos assuntos.


Fora isso, estou passando por alguns problemas particulares que serão resolvidos em breve. E também não esqueci de mostrar para você as outras fotos da minha viagem pelos EUA, rs. Pretendo postar elas assim que possível, e estou fazendo esse post mais para dar uma satisfação aos meus leitores.

A minha ideia continuar visitando e comentando os blogs dos amigos, e postando alguma coisa aqui quando eu estiver afim. Os meus fechamentos mensais foram abolidos, inclusive pretendo abordar isso em um post futuro, beleza? Fora isso, os investimentos continuam, inclusive agora vou comprar apenas ações americanas até o final do ano.

Abraços a todos!

terça-feira, 23 de maio de 2017

Fotos da minha viagem aos EUA - Parte 1

Olá investidores,

Conforme prometido, mostro abaixo para vocês a primeira parte das fotos da minha viagem. Eu fiquei 21 dias nos EUA, e tirei mais de 500 fotos em todo esse tempo. Nesse primeiro post, mostrarei apenas as fotos de Boston. Nos três próximos serão, respectivamente, New York, Philadelphia, e Washington D.C.

Vamos lá?!




















E, PARA FECHAR, UMA FOTO BÔNUS PARA O MEU AMIGO EI (QUE DIZ QUE É "IMPOSSÍVEL" INTEGRAR-SE COM OS AMERICANOS), E TODOS OS COLEGAS AQUI DA BLOGOSFERA FINANCEIRA:


IL3 ao vivo com um senhor do Alabama que eu conheci lá no MIT. Essas coisas você só vê no meu blog, rs.

Abraços a todos!

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Itaú compra a XP

Olá investidores,

O meu próximo post seria sobre as fotos da minha viagem, contudo, como essa bomba estourou ontem à noite, reproduzo abaixo para vocês, na ÍNTEGRA, o e-mail que eu recebi da XP.


É importante ressaltar, antes de mais nada, que o Itaú ficará com 49,99% das ações, ou seja, o controle ainda estará nas mãos da XP. Mas tudo indica que isso mudará em breve. E vai piorar, como sempre, para nós.

Ou alguém ai usa a corretora do Itaú? Não tem jeito... Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. E você, achou o que dessa novidade?

Abraços a todos!